31 janeiro 2011

O banqueiro, o idoso e o padre

Para começar 2011 e acabar com o longo silêncio deste site aqui vão algumas fotos do trânsito nesses últimos 2 meses.
Esta foi enviada por Douglas Silva, ele disse que este carro verde está estacionado!!! bloqueando a entrada do banco. É duro, ainda mais que o banco está provendo estacionamento, custava ele estacionar?

Esta é uma foto que ainda falta fundamentos.. mas seria interessante ver um idoso que precisasse de uma vaga mais próxima da entrada do shopping que conseguisse subir e descer deste carro. A fotos está ruim mas dá pra ver o tamanho da caminhonete. Esta foi enviada pela Elisa Garrafa.


 Agora para fechar a melhor é esta do Agostinho Teles, ele descreveu esta foto assim:

Mais cristãos praticando a cidadania. Igreja Nossa Senhora Das Dores, Cambuí...junta os vários preguiçosos que vão até a Romana, e estacionam também onde bem entendem, e ai fica o caos na Maria Monteiro. Rezem pelos pecados mesmo. Mas não fiquem apenas nas desculpas, ok?


É... e se infração de trânsito também fosse pecado?

18 novembro 2010

Caricaturizando o trânsito

O impacto do trânsito no dia a dia é altíssimo. Ele pode endoidecer qualquer um. Um ótimo exemplo da presença do trânsito nas nossas vidas foi o tema do 2o BH HUMOR, Salão Internacional de Humor Gráfico de Belo Horizonte que foi 'Transporte e Trânsito'. Vejam no blog Caricalendário os premiados da categoria cartum, são sensacionais.
O que mais gostei foi o 2º Lugar de Elias Monteiro (Brasil):


O duro é que é bem fiel à realidade, então a solução é rir para não chorar.

03 novembro 2010

Fiscalização em Ação Eita coisa boa de se ver

Normalmente posto aqui problemas nas ruas de Campinas. Infrações sem punição, absurdos dos motoristas e pedestres. Mas hoje flagrei uma coisa boa:



É, o grande e glorioso amarelinho multando uns carros em estacionamento proibido. Temos que divulgar cenas desse tipo, mostrar que não é sem lei e sem fiscalização.

Talvez então pessoas que não são conscientes e que não entende que a barbeiragem que ele faz afeta os demais, pelo menos tenham medo de ser multados e sigam as leis e regras.

Valeu por mais este Super Amarelinho!

22 outubro 2010

Admiro os caminhoneiros

É verdade, por várias razões: Eles trabalham dias e dias fora de casa, eu enfrento 2 horas de trânsito e já quero matar imagina eles que enfrentam dias de trânsito. Além disso normalmente são extremamente bons motoristas, passam por vielas, fazem balisas impossíveis. Até mesmo aquelas frases de caminhão acho de uma criatividade sem fim (temos até uma delas num post anterior). Realmente os admiro.

Entretanto toda regra tem exceção (ou ções eheh), e o grande amigo Alan Braz flagrou um deles fazendo uma barbeiragem. Na verdade nem é tão culpa dele do caminão quebrar, mas aonde quebrou foi trevas:


Aconteceu na Rua Salesópolis perto da Mogi Guaçu no Flamboyant.
É... esse ai virou dono da rua.


05 outubro 2010

Eleições e o trânsito

Como estamos ainda em época de eleições e como acredito que daqui 4 anos a maioria já terá esquecido em quem votou, resolvi publicar os flagras nas ruas de Campinas. Os flagras mostram carros carregando bandeiras pela janela do carro (proibido e perigosíssimo). Pude ver vários, mas só consegui a foto ao lado.

No dia da eleição que é complidado, a sujeira é monstruosa. A quantidade de santinhos jogados no chão faz estremecer qualquer entidade divina. Esses mesmos que sujam as ruas com essa papelada saberão controlar problemas com alagamentos de ruas devido a bueiros entupidos?
Aqui alguns flagras:
Perto da CPFL
Em Souzas

No Guanabara

Na Barão de Itapura

Na Barão de Itapura
 








Além de diversos pontos onde as placas com as propagandas dos políticos tapavam a visão de esquinas e cruzamentos colocando em risco todo carro e pedestre.

Já que será difícil lembrar em quem votou daqui 4 anos, lembre agora, e se votou em algum que fez as trapalhadas mostradas aqui, pelo menos anote que não irá mais votar neles.

21 setembro 2010

Lei prioriza travessia de pedestres

Em época de eleições acredito que seja importante lembrar que algumas ações políticas são importantíssimas. Uma delas é a lei de Campinas que prioriza a travessia de pedestres. 
O autor o Projeto de Lei 677/09 é Antônio Francisco dos Santos (PMN), “O Politizador”. “A gente quer que as autoridades fechem o cerco contra os infratores.”
Esta notícia já é antiga e pode ser lida aqui:

Ou a sua versão completa aqui:

Não quero promover o PMN (nem mesmo vou votar em alguém ligado a este partido) quero só lembrar que boas atitudes existem na política e não exigem tanto trabalho para encontrá-lo. Só é um pouco mais difícil de achar que as más atitudes.



31 agosto 2010

Joelhada no trânsito

Estava no famoso e delicioso (apesar do colesterol) Rei do Joelho num sábado ensolarado quando acontece o seguinte flagra:
Um carro pára em estacionamento proibido na esquina da Rua Osvaldo Cruz com a Rua Dona Maria Umbelina Couto. Isso já é grave mas bom, como disse em posts anteriores, estamos tão acostumados que não nos importamos muito mais.

Nas vias não havia nenhum trânsito, pois era sábado, pouco movimento.

Entretanto a linha 3.71 de ônibus que passa pela Osvaldo Cruz e entra na Maria Umbelina. Neste momento temos o exato retrato do que causa a maior parte do trânsito, pessoas infringindo as leis de trânsito causam uma pequena lentidão ou bloqueiam uma passagem fazendo outros carros pararem ou reduzirem até que... pronto trânsito problemático.


E foi o que ocorreu, o ônibus não conseguia passar diretamente, teve que fazer 3 manobras até conseguir.

Dá pra ver na foto os passageiros realmente inconformados com a situação. Demorou tanto que deu até tempo de filmar a última manobra:
video

Isso é duro, problemas de trânsito são causados por pessoas preguiçosas (no mínimo) que infringindo a lei causam problemas pra várias outras pessoas. Neste caso incomodou todos os passageiros do ônibus, sem contar os outros carros que tiveram que esperar atrás (e do lado dado que era uma esquina) até que ele terminasse as manobras.
Essa foi uma joelhada no trânsito e pior acontece frequentemente.